GUIA DE COMPRA DE IMÓVE - A conquista do seu imóvel começa aqui !

A CONQUISTA DO SEU IMÓVEL COMEÇA AQUI!

Acompanhe neste blog tudo que acontece no mercado imobiliário da Cidade e do País.

Nosso objetivo é informar ao público sobre tudo que está acontecendo no mercado imobiliário do país, publicando posts e reproduzindo matérias publicadas em outros veículos que possam ser do interesse das pessoas envolvidas na compra, venda e intermediação de imóveis.

Escolha o assunto do seu interesse e pesquise no gadget do lado direito.

Acesse www.imóvelSA.net e conheça a nossa galeria de imóveis em lançamento, em construção, prontos e usados.

Aproveite também para simular na CAIXA e nos principais Bancos, o valor da prestação do seu financiamento imobiliário.


segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Aumento dos preço configura uma bolha imobiliária?

Alta que estava havendo nos preços dos imóveis se deve, principalmente, ao crescimento do financiamento imobiliário

A elevação dos preços dos imóveis no Brasil não se configura como uma bolha imobiliária, reafirmou o vice-presidente do SindusCon-SP (Sindicato da Construção), Eduardo Zaidan, durante a Reunião de Conjuntura Econômica da entidade.

Segundo ele, nos últimos anos houve uma reacomodação dos preços dos imóveis, que estavam muito deprimidos. “Não há bolha, uma vez que a subida dos preços se deu em função do aumento do financiamento imobiliário e da renda das famílias, o que elevou a demanda qualificada”, explicou.
Zaidan ainda afirmou que, ao contrário dos Estados Unidos, o País não tem um sistema de sucessão de financiamentos com base em hipotecas, no qual o mesmo proprietário adquire diversos imóveis
Além disso, o vice-presidente acredita que a tendência para este ano é que a evolução dos preços dos imóveis acompanhe mais de perto a variação da inflação.
Desvalorização
O IVG-R (Índice de Valores de Garantia de Imóveis Residenciais Financiados) teve uma desaceleração, sendo que a taxa de 12 meses do indicador, que havia chegado a 25,46% em janeiro de 2010, tem caído gradativamente, chegando a 9,42% em outubro do ano passado.
Para a coordenadora de estudos da construção da FGV (Fundação Getuilo Vargas), Ana Maria Castelo, a queda de preço dos imóveis registrada, principalmente em regiões de Brasília e Salvador, está relacionada a uma produção superior à demanda qualificada; um grande número de investidores adquiriu imóveis na planta com a expectativa de valorização na entrega, o que acabou não acontecendo.
Fonte: InfoMoney


Com localização privilegiada, entre o Maciço da Pedra Branca, a Lagoa de Jacarepaguá, a apenas a 5 minutos da Praia da Reserva e com grande mobilidade das vias expressas: Transolímpica, Transoeste, Transcarioca e Linha 4 do metrô, tem tudo para ser o lugar dos seus sonhos, nasce na Vila Olímpica Ilha Pura

Um bairro planejado com toda segurança, uma associação de moradores, mall de conveniência, um lindo parque com 72.000m² de paisagismo Burle Max, uma ciclovia, 6 quadras de tênis, 1 quadra sintética, 1 quadra poliesportiva e uma pista de cooper interligando todo o bairro.

Em Ilha Pura está o Millenio, com apartamentos de 3 e 2 quartos de 115 e 84m², vista privilegiada, com a leveza da arquitetura contemporânea e alto padrão de acabamento

Saiba Mais.... ou ligue (21) 99901-4301.



       Esclareça todas as suas dúvidas em um só lugar. 
       Consulte o GUIA DE COMPRA DE IMÓVEL

6 perspectivas para o mercado imobiliário em 2014

Núcleo de Real Estate da USP fala de preços, perfil e vendas de imóveis em 2014; RJ e SP devem continuar em alta

No último dia 21 de novembro, o comitê de mercado do NRE-Poli (Núcleo de Real Estate da Escola Politécnica da USP) se reuniu para debater as expectativas dos membros e de um conjunto de empresários e executivos do mercado para o setor imobiliário em 2014.
Abaixo, as principais conclusões para o mercado residencial de imóveis no Brasil no ano que vem.

1 – Preços dos imóveis devem cair em algumas regiões.
De acordo com o relatório do Comitê, divulgado na última quinta-feira (5), em 2014, os preços dos imóveis devem cair em algumas regiões do país. A queda deve ser observada, especialmente, nas capitais onde os estoques de imóveis são muito altos, em relação à demanda. Como exemplos, o relatório cita as cidades de Manaus, onde o estoque é aproximadamente três vezes maior que a demanda; Salvador, que tem estoque perto de 2,7 vezes a demanda; além de Brasília, Vitória (ES) e de algumas cidades do Centro-Oeste, que já estariam mostrando quedas de preços devido ao excesso de estoque contra a demanda e também pelo fato de que algumas empresas estariam abandonando esses mercados e liquidando estoques.
2 – São Paulo e Rio de Janeiro, contudo, devem continuar observando alta.
Ainda que uma parte das cidades brasileiras observem quedas nos preços em 2014 e, na média nacional, a maior parte dos membros do Comitê acredita que os valores dos imóveis deverão variar em taxa equivalente ou ligeiramente inferior à observada em 2013, as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro não devem acompanhar tal comportamento.
Em São Paulo, os preços devem sofrer o impacto do Plano Diretor Estratégico. O comitê acredita que os preços dos terrenos na capital paulista podem sofrer crescimento acentuado, o que, combinado com o novo patamar de outorga onerosa (pelo crescimento expressivo dos valores dos terrenos na planta geral de valores – valor venal) deve impactar pra cima os preços dos lançamentos.
Já no Rio de Janeiro, o bloqueio de aprovações em áreas de expansão da cidade é um dos fatores do encarecimento. “A escassez de áreas para novos empreendimentos pode provocar aumento de preços de terrenos, impulsionando os preços dos imóveis no lançamento, que acabam servindo de benchmark para o mercado.”
3 – No geral, os preços dos terrenos devem continuar impactando os preços dos imóveis.
No geral, quando se fala dos fatores que mais influenciam os preços dos imóveis, em 2014, a combinação de terrenos e outorgas onerosas devem continuar sendo os mais expressivos na formação dos preços. Em seguida, de acordo com o relatório, aparecem: custos de construção, custos do capital investido (efeito da taxa referencial de juros para cima), margens de segurança na formação dos preços ofertados e crescimento das margens de resultado dos empreendedores.
Para este ano, a análise ficou da seguinte forma: 66% dos consultados creditam a alta dos preços dos imóveis em 2013 aos fatores estruturais (terrenos, outorgas onerosas e custos de construção); 17% responsabilizam a imposição de margens de segurança; 11% dizem que foram os custos do capital investido e 6% opinam que as margens de resultado foram as responsáveis pelo aumento dos preços este ano.
4 – Perfil dos imóveis não deve mudar.
Segundo 97% dos consultados para a elaboração do relatório, o perfil dos imóveis lançados em 2014 devem manter as mesmas características apuradas em 2013, “com eventual ajuste para baixo”. Ainda de acordo com o documento, a alternativa de diminuir o tamanho das unidades, para ajustar o preço do imóvel à capacidade de pagamento do mercado, estaria se esgotando.
Entretanto, há evidências de que em grandes centros metropolitanos, os produtos menores não devem desaparecer. Isso porque eles seriam necessários para atender à formação de famílias com menor número de filhos e do crescente número de idosos buscando modelos mais adequados ao momento de vida.
Por outro lado, em localizações mais afastadas dos pólos de trabalho verifica-se a tendência de imóveis com dimensões mais confortáveis. Isso também acontece em cidades satélites nas regiões metropolitanas e em cidades conhecidas como dormitórios, como é o caso de Guarulhos em São Paulo.
5 – Velocidade das vendas deve ser mais moderada.
Conforme o relatório, a velocidade de absorção dos empreendimentos residenciais, em 2014, acompanhará o desempenho de 2013, com viés para baixo. O motivo é que muitas empresas têm optado por vendas mais lentas e preços mais sustentáveis.
No que diz respeito à oferta em número de unidades, o documento também aposta em padrão equivalente a 2013. A ressalva seria a cidade de São Paulo, que pode apresentar contração por conta dos preços dos terrenos da reação dos empreendedores ao Plano Diretor estratégico.
Já sobre a demanda, 75% dos consultados opinam que a busca por imóveis residenciais em 2014 manterá padrão equivalente ao crescimento populacional.
6 – Crédito imobiliário deverá espelhar 2013.
Por fim, as previsões para o crédito imobiliário para aquisição é de que a busca, no ano que vem, deve continuar no mesmo patamar de 2013. Segundo os corretores, a proporção de transações percebidas no mercado é de um para três.
Fonte: InfoMoney

Com localização privilegiada, entre o Maciço da Pedra Branca, a Lagoa de Jacarepaguá, a apenas a 5 minutos da Praia da Reserva e com grande mobilidade das vias expressas: Transolímpica, Transoeste, Transcarioca e Linha 4 do metrô, tem tudo para ser o lugar dos seus sonhos, nasce na Vila Olímpica Ilha Pura

Um bairro planejado com toda segurança, uma associação de moradores, mall de conveniência, um lindo parque com 72.000m² de paisagismo Burle Max, uma ciclovia, 6 quadras de tênis, 1 quadra sintética, 1 quadra poliesportiva e uma pista de cooper interligando todo o bairro.

Em Ilha Pura está o Viure, com apartamentos de 3 e 2 quartos de 115 e 84m², vista privilegiada, com a leveza da arquitetura contemporânea e alto padrão de acabamento

Saiba Mais.... ou ligue (21) 99901-4301.



       Esclareça todas as suas dúvidas em um só lugar. 
       Consulte o GUIA DE COMPRA DE IMÓVEL

O poder de decisão da mulher na compra do imóvel

As mulheres, ao buscarem um imóvel, tendem a agir de maneira mais emocional. Para elas, os detalhes são valiosos


Uma pesquisa feita pela Inteligência de Mercado da Lopes, especialista em pesquisas sobre o mercado imobiliário, com mais de 11 mil pessoas revelou que a localização é o principal fator de decisão na compra de um imóvel.
Mas há uma infinidade de outros elementos que levam uma pessoa a decidir por este ou aquele apartamento, por esta ou aquela casa. Muitos destes elementos são bastante particulares. Por exemplo: as mulheres, ao buscarem um imóvel, tendem a agir de maneira mais emocional. Para elas os detalhes são de extrema importância. Por mais que nem as próprias mulheres percebam, a maioria delas estará de olho tanto na metragem e na segurança quanto na qualidade do piso e na estética do local.
Outros comportamentos femininos na compra do imóvel, entretanto, são bem mais fáceis de serem observados. Por exemplo: normalmente a primeira visita ao local é feita pelas mulheres. Quando elas levam os filhos e os parentes para uma segunda vistoria significa que o imóvel agradou mais do que possa ter deixado transparecer. Ela “confiou” na casa e se viu morando ali.
As mulheres também têm ganhado destaque nos pedidos de financiamento imobiliário. Em 2014, elas já representavam 37% dos contratos de financiamento concedidos pela Caixa Econômica Federal. A participação delas está vinculada ao complemento da renda familiar, do marido ou do investimento próprio.
Tudo isso acontece porque a mulher costuma desfrutar muito mais do processo de compra. Também foi comprovado que elas são pesquisadoras natas, além de mais pacientes que os homens em geral, o que levou a mulher a ganhar cada vez mais poder de decisão na compra. Para se ter uma ideia: em 2012, nos Estados Unidos, as mulheres controlavam ou influenciavam mais de 70% dos gastos de consumo do país.
É por tudo isso que se está investindo cada vez mais em ambientes voltados para as mulheres nos empreendimentos. Hoje é cada vez mais usual encontrar, nos condomínios, espaços dedicados especialmente à beleza, dança, ioga, massagem, pilates e spa. O que antes era opcional se tornou um item decisivo para as incorporadoras: é preciso agradar a essas compradoras, cada vez mais poderosas.


Com localização privilegiada, entre o Maciço da Pedra Branca, a Lagoa de Jacarepaguá, a apenas a 5 minutos da Praia da Reserva e com grande mobilidade das vias expressas: Transolímpica, Transoeste, Transcarioca e Linha 4 do metrô, tem tudo para ser o lugar dos seus sonhos, nasce na Vila Olímpica Ilha Pura

Um bairro planejado com toda segurança, uma associação de moradores, mall de conveniência, um lindo parque com 72.000m² de paisagismo Burle Max, uma ciclovia, 6 quadras de tênis, 1 quadra sintética, 1 quadra poliesportiva e uma pista de cooper interligando todo o bairro.

Em Ilha Pura está o Sait Michel, com apartamentos de 4 e 3 quartos de 160 e 131m², vista privilegiada, ambientes exclusivos para todas as idades e sofisticação em cada detalhes

Saiba Mais.... ou ligue (21) 99901-4301.



       Esclareça todas as suas dúvidas em um só lugar. 
       Consulte o GUIA DE COMPRA DE IMÓVEL