GUIA DE COMPRA DE IMÓVE - A conquista do seu imóvel começa aqui !

A CONQUISTA DO SEU IMÓVEL COMEÇA AQUI!

Acompanhe neste blog tudo que acontece no mercado imobiliário da Cidade do Rio de Janeiro e do País.

Nosso objetivo é informar ao público sobre tudo que está acontecendo no mercado imobiliário do país, publicando posts e reproduzindo matérias publicadas em outros veículos que possam ser do interesse das pessoas envolvidas na compra, venda e intermediação de imóveis. Escolha o assunto do seu interesse e pesquise no gadget do lado direito.

Acesse www.imovelSA.net e conheça a nossa galeria de imóveis em lançamento, em construção, prontos e usados. Aproveite também para simular na CAIXA e nos principais Bancos, o valor da prestação do seu financiamento imobiliário.


Caixa volta a receber proposta de financiamento da linha Pró-Cotista


Recentemente, a Caixa informou que havia cortado o crédito da linha Pró-Cotista porque só tinha recursos para "propostas de crédito já recebidas". A linha pró-cotista é a modalidade de financiamento habitacional mais barata depois do Minha Casa Minha Vida.

O Ministério das Cidades enviou uma nota na noite desta segunda informando que remanejou R$ 2,54 bilhões para a linha que utiliza recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), somando um total de R$ 7,54 bilhões disponíveis para o programa. Segundo o órgão, o novo aporte foi proposto pela Caixa Econômica Federal, "a partir da necessidade de ajustar a distribuição de recursos original à demanda qualificada para contratação".

A  Caixa Econômica Federal informou que voltou a receber novas  propostas de financiamento da linha Pró-Cotista, que destina recursos para a aquisição de imóveis com juros menores a pessoas que têm conta vinculada ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). 

Alguns bairros no mundo parecem exercer um magnetismo especial. Uma energia que atrai gente criativa de toda espécie e das mais diferentes...


Hoje a Caixa divulgou nota informando que o banco e o Ministério das Cidades estão "em tratativas finais para remanejamento de recursos do FGTS para aporte de R$ 2,54 bilhões na linha Pró-Cotista".

O financiamento pela linha Pró-Cotista pode ser contratado por trabalhadores com pelo menos 36 meses de vínculo com o FGTS. Também é preciso ter saldo na conta do FGTS de pelo menos 10% do valor do imóvel ou estar trabalhando. A taxa de juros é de 8,66% ao ano.

Palco principal dos Jogos Olímpicos de 2016, a Barra da Tijuca pode ser definida como uma cidade dentro da cidade do Rio de Janeiro

Saques do FGTS inativo

O banco negou ter suspendido os financiamentos por causa do volume de saques das contas inativas do FGTS. O governo estima que sejam sacados R$ 43 bilhões destas contas até o fim de julho. Até 3 de maio, haviam sido sacados mais de R$ 16 bilhões.
"A liberação das contas inativas foi analisada e estudada pela equipe técnica do governo federal. O saque das contas inativas por parte do trabalhador faz parte do modelo conceitual do FGTS e não fragiliza a capacidade de investimentos, autorizados pelo Conselho Curador do FGTS, nas áreas de Saneamento, Infraestrutura e Habitação", informou no comunicado.
As taxas menores devem-se ao subsídio a trabalhadores que têm recursos no FGTS, fundo alimentado por contribuição patronal equivalente a 8% do salário dos empregados. A rentabilidade anual do FGTS é de 3%, mais a taxa referencial (TR).
Para se enquadrar na modalidade pró-cotista, os interessados devem comprovar, no mínimo 36 meses de trabalho sob o regime do FGTS (não necessariamente seguidos), não podem ter imóvel no município (ou região metropolitana) onde moram ou onde trabalham, nem financiamento no SFH em qualquer parte do país.

Imóveis: apesar do estímulo, medida não vai destravar o mercado imobiliário, segundo especialistas

Recursos

Os financiamentos com recursos do FGTS, que custeiam majoritariamente imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida e a linha pró-cotista, superaram o volume do crédito da poupança em 2016, segundo a Abecip. Foi a primeira vez que isso aconteceu em mais de 10 anos. O volume financiado pelo Fundo de Garantia cresceu de R$ 54 bilhões para R$ 64 bilhões no ano passado.

O IMÓVEL DOS SEUS SONHOS ESTÁ AQUI!


SOHO um lugar com alma de artista. Um polo de cultura e entretenimento com uma grande diversidade de ambientes internos e externos para você nem precisar sair para se divertir e respirar cultura e arte.  Saiba mais... 

Esclareça todas as suas dúvidas em um só lugar. 

Construtoras ainda veem com cautela cenário para 2017


A queda da taxa básica de juro e as medidas recentemente anunciadas pelo governo federal ainda não surtiram o efeito desejado no setor imobiliário e as companhias devem seguir cautelosas para 2017.
De modo geral, construtoras e incorporadoras sinalizam uma estratégia mais focada em reduzir estoques que em lançar novos empreendimentos, enquanto aguardam um desfecho das negociações para regulamentação da situação de cancelamento de contratos de venda, o chamado distrato.
O setor vem dialogando há meses com entidades de defesa do consumidor e representantes do ministério do Planejamento os direitos e obrigações de compradores e empresas em caso de cancelamento do contrato..
Casal e projeção de uma casa: quem ganha R$ 3 mil consegue financiar R$ 115 mil caso dê R$ 34,5 mil como entrada do empréstimo


“Nosso cenário para 2017 é de que as coisas serão duras”, afirmou o co-presidente da Cyrela, Raphael Horn, durante teleconferência sobre os resultados trimestrais, nesta sexta-feira.
A expectativa da empresa é de que os distratos sigam em níveis elevados no primeiro trimestre, o que deve comprometer a sua capacidade de geração de caixa e lucratividade.
No ano passado, as vendas canceladas atingiram um recorde histórico, provocando queda 66 por cento no lucro líquido anual da Cyrela.
E a maior incorporadora de imóveis para média e alta renda no país só vê melhora nesses indicadores a partir de 2018.
“Mágicas não são esperadas do lado dos distratos porque a dinâmica econômica não é suficiente para uma guinada”, afirmou.
Por esse motivo, a Cyrela deve manter os lançamentos em nível similar ao de 2016, quando iniciou 32 projetos em seus principais mercados, com destaque para São Paulo e Rio de Janeiro.
Palco principal dos Jogos Olímpicos de 2016, a Barra da Tijuca pode ser definida como uma cidade dentro da cidade do Rio de Janeiro


Já a Gafisa planeja intensificar os esforços para venda de estoques no primeiro semestre, deixando os lançamentos mais para o fim do ano, de acordo com o diretor financeiro do grupo, André Bergstein.
Em relação aos distratos, contudo, Bergstein ressaltou que a sinalização é positiva.
No quarto trimestre, os distratos da Gafisa totalizaram 100 milhões de reais, menor nível em 24 meses. No mesmo período de 2015, os distratos haviam somado 125 milhões.
“A redução de juro que já aconteceu e a que vem sendo precificada são indutores de otimismo do consumidor, o que nos leva a crer em um ano de distrato mais controlado”, afirmou o executivo da Gafisa.
Mas o diretor de Relações com Investidores e Finanças Estruturadas da Cyrela, Paulo Gonçalves, alerta que os bancos ainda não baixaram as taxas dos empréstimos residenciais e que as iniciativas do governo federal para destravar o crédito ainda não surtiram efeito.
“Não impulsionou como gostaríamos”, disse.
Em 6 de fevereiro, o Ministério das Cidades elevou os limites de renda das famílias e o valor máximo dos imóveis financiados pelo Minha Casa Minha Vida (MCMV).
Dias depois, o Conselho Monetário Nacional (CMN) elevou para 1,5 milhão de reais o teto para financiamento residencial com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FTGS).
Nesta sexta-feira, o Ministério das Cidades anunciou novos critérios de seleção para a faixa 1 do programa habitacional Minha Casa Minha Vida (MCMV), que atende a famílias com renda mensal até 1.800 reais.
O programa agora passa a contemplar municípios com população inferior a 50 mil habitantes, segundo comunicado do governo federal.

O IMÓVEL DOS SEUS SONHOS ESTÁ AQUI!


SOHO um lugar com alma de artista. Um polo de cultura e entretenimento com uma grande diversidade de ambientes internos e externos para você nem precisar sair para se divertir e respirar cultura e arte.  Saiba mais... 

Esclareça todas as suas dúvidas em um s

Caixa suspende financiamento imobiliário da linha pró-cotista


Caixa Econômica Federal informou na sexta-feira (05/05) que suspendeu novas contratações de crédito imobiliário com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), a linha pró-cotista.
“Os recursos disponíveis da modalidade atualmente são suficientes apenas para atender as propostas de financiamento já recebidas pelo banco”, afirmou o banco em nota.
A pró-cotista financia a compra de imóveis de até 950 mil reais nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e de até 800 mil nos outros Estados. É a linha de empréstimo habitacional mais barata depois do Minha Casa, Minha Vida.
Um gerente de uma agência da Caixa na capital paulista, que pediu anonimato, disse que novas contratações na pró-cotista estão suspensas há semanas.
Alguns bairros no mundo parecem exercer um magnetismo especial. Uma energia que atrai gente criativa de toda espécie e das mais diferentes..
“E quem teve o pedido de financiamento já aprovado tem até o fim deste mês para assinar, caso contrário vai perder”, disse.
No comunicado, a Caixa afirma que deve receber nas próximas semanas cerca de 3 bilhões de reais para complementar os recursos da linha pró-cotista.
O banco negou que a suspensão esteja relacionada à falta de recursos por causa do resgate de recursos de contas inativas do FGTS, autorizado pelo governo em dezembro.
Nos últimos dois meses, segundo o presidente Michel Temer, foram resgatados 15 bilhões de reais, e a expectativa é que o volume sacado das contas inativas chegue perto de 40 bilhões de reais até julho.

O interesse em investir nos Estados Unidos tornou-se uma tendência, especialmente nos países latino-americanos, como Colômbia, México ...
O vice-presidente de Habitação da Caixa, Nelson Antonio de Souza, disse à Reuters que, enquanto isso, o banco tem orientado os tomadores a buscar outras linhas de crédito, como a do SBPE, com recursos da caderneta de poupança.
A taxa de juro da pró-cotista da Caixa para não correntistas do banco é de 8,61 por cento ao ano. Já pelo SBPE a taxa é de 10,49 por cento ao ano.
Maior concessora de crédito imobiliário do país, a Caixa vem refletindo o contínuo vaivém do setor nos últimos dois anos, diante da recessão no país e de movimentos na Selic.
Em 2015, com a taxa básica de juros chegando a 14,25 por cento ao ano, a caderneta de poupança, que paga 6 por cento anuais, teve saída líquida de 53,6 bilhões de reais. No ano passado, a poupança teve resgates de 40,7 bilhões de reais.
Com isso, os empréstimos concedidos pelo SBPE no ano passado para compra e construção de imóveis caíram 38,3 por cento ante 2015, para o menor nível desde 2009.
O desempenho só não foi pior porque o financiamento com recursos do FGTS cresceu 18,5 por cento, com a Caixa sendo mais flexível nos critérios para uso da linha pró-cotista.
Com o início do ciclo de cortes na Selic no ano passado, a expectativa de profissionais do mercado imobiliário é de os custos menores sejam repassados pelos bancos a tomadores nos próximos meses.
“Enquanto isso, estamos recomendando aos clientes que querem empréstimos pela pró-cotista que busquem no Banco do Brasil, que ainda tem recursos”, disse à Reuters a consultora imobiliária Daniele Akamine.
“Recentemente fizemos isso para um funcionário da própria Caixa”.
Segundo o executivo da Caixa, o banco tomará as medidas para cumprir seu orçamento, que prevê conceder um total de 84 bilhões de reais em novos financiamentos para habitação neste ano, ante 81,5 bilhões de reais no ano passado, considerando todas as linhas.
“É muito ruim o cliente pedir recursos e não haver recursos; não vamos deixar acontecer”, disse.


Por que investir na Flórida?
Além de descobrir os encantos do Summerville, o mais novo empreendimento de Orlando, o seu sonho pode ser, ainda, um bom negócio.
Summerville  está localizado a menos de 3 minutos do complexo Disney, o que permite aos moradores e hospedes fácil acesso aos parques, podendo usufruir de toda infraestrutura que a região proporciona, como lojas, outlets, restaurantes e parques temáticos.  Tudo isso junto ao verde abundante de uma reserva florestal protegida.
Esclareça todas as suas dúvidas em um só lugar. 

São Paulo é um dos 9 mercados imobiliários mais frios do mundo

A crise econômica segue pressionando para baixo os preços de moradia em São Paulo, mas queda foi menor do que em 2015


São Paulo – A recessão continua empurrando para baixo os preços do mercado imobiliário brasileiro, de acordo com o último levantamento do Global Property Guide.
A cidade de São Paulo teve a quarta maior queda de preços de moradia em 2016 entre 45 mercados analisados.
O tombo foi de 0,41% no 4º trimestre em relação ao anterior e de 5,51% no acumulado do ano (com ajuste pela inflação).
Na conta nominal, a coisa muda de figura: alta de 0,41% no trimestre e de 0,33% no ano, colocando São Paulo como o 14º mercado mais frio.
Os três mercados imobiliários mais frios do que o brasileiro em 2016, em números ajustados, são Montenegro, Rússia e Catar.
Já os três mercados mais fortes no ano foram Xangai, na China (21,34%), Islândia (12,53%) e Romênia (11,01%).
O interesse em investir nos Estados Unidos tornou-se uma tendência, especialmente nos países latino-americanos, como Colômbia, México ...



Na conta ajustada pela inflação, foram 29 altas e 16 quedas no trimestre. Veja quais foram as 7 maiores:
1. Montenegro
Hotel Aman Sveti Stefan , em Montenegro
Variação de preços
No trimestre-7,17%
Em 2016-12,95%
Em 20156,91%

2. Rússia
Vista da cidade de Moscou, na Rússia
Variação de preços
No trimestre-1,37%
Em 2016-9,27%
Em 2015-15,35%

3. Catar

Em Doha, no Catar, operário trabalha em obra da Copa do Mundo de 2022

Variação de preços
No trimestre5,19%
Em 2016-5,69%
Em 201510,76%

4. Brasil (São Paulo)
Variação de preços
No trimestre-0,41%
Em 2016-5,51%
Em 2015-7,37%

5. Mongólia
4. Mongólia
Variação de preços
No trimestre-0,84%
Em 2016-4,85%
Em 2015-12,24%

Saint Michel Momentos únicos, com sofisticação em cada detalhe.
Saint Michel é para pessoas exigentes que gostam de viver em lugares diferenciados. É o lugar onde as tradições ganham releituras, sofisticação e novas inspirações. Com vistas deslumbrantes para a lagoa da Barra da Tijuca é um projeto que se adapta às evoluções da sociedade.O Saint Michel está em Ilha Pura, que é um Bairro de alto padrão, o primeiro na América Latina a receber o Certificado de Sustentabilidade Leed ND, que já nasceu pronto, onde a vida pulsa e você encontra qualidade de vida e uma nova forma de morar.


6. Ucrânia (Kiev)
Praça da Independência em Kiev, capital da Ucrânia
Variação de preços
No trimestre-0,39%
Em 2016-3,34%
Em 2015-2,76%

7. Singapura
Variação de preços
No trimestre-0,71%
Em 2016-3,31%
Em 2015-3,05%









Por que investir na Flórida?
Além de descobrir os encantos do Summerville, o mais novo empreendimento de Orlando, o seu sonho pode ser, ainda, um bom negócio.
Summerville  está localizado a menos de 3 minutos do complexo Disney, o que permite aos moradores e hospedes fácil acesso aos parques, podendo usufruir de toda infraestrutura que a região proporciona, como lojas, outlets, restaurantes e parques temáticos.  Tudo isso junto ao verde abundante de uma reserva florestal protegida.


Esclareça todas as suas dúvidas em um só lugar.